Manejo de percevejos na cultura da soja - Uniagro
ORÇAMENTO
0
14/01/2021
Manejo de percevejos na cultura da soja

Os percevejos estão presentes na cultura da soja desde o período vegetativo e se estendem até o final do reprodutivo. 

 

A partir da fase reprodutiva a população de sugadores aumenta, podendo atingir alta incidência no período de R3 até o final de enchimento de grãos (R5). É exatamente nesse momento que a soja é mais suscetível ao ataque dos sugadores. O pico populacional é atingido próximo à maturação fisiológica (R7).

Danos diretos podem ser vistos como abortamento dos grãos, redução do potencial germinativo, de vigor, de massa, tamanho e teor de óleo dos grãos. A germinação e o vigor estão relacionados com a morte dos embriões e enfraquecimento das sementes.

 

Os danos indiretos são caracterizados por transmissão de doenças fúngicas no momento da picada e indução de um distúrbio fisiológico denominado “soja louca”. Esse distúrbio acarreta em folhas verdes no final do ciclo, causando prejuízos no rendimento. No campo, os grãos atacados ficam menores, enrugados, chochos e se tornam mais escuros.

 

Os sugadores podem causar perda de produtividade acima de 30% em lavouras de soja. Um percevejo por metro quadrado acarreta em uma redução de 49 a 120 kg de grãos.ha-1 (TRIUNFO, 2020). Essa variação de redução de grãos depende da espécie de percevejo, do clima, fase da cultura, cultivar e sua produtividade.

MANEJO

 

- Controle Biológico: Há a possibilidade de controle de percevejos através do controle biológico, priorizando a seletividade a inimigos naturais.

 

- Controle Químico: O controle químico é a principal ferramenta para controlar percevejos em soja.

 

Connect é o inseticida que possui o melhor residual contra o percevejo-marrom, o percevejo-da-soja e o percevejo-pequeno. Dois mecanismos de ação num único inseticida: imidacloprido (neonicotinoide) + beta-ciflutrina (piretroide).

 

Efeito Choque e Residual: O efeito choque proporcionado pelo piretroide é importante para eliminar as pragas existentes e cessar os danos à cultura. O efeito residual proporcionado pelo neonicotinoide é essencial para evitar reinfestações em curto período de tempo, o que demandaria entradas frequentes na lavoura, encarecendo os custos de produção.

 

Curbix é o inseticida da Bayer que combate rapidamente as infestações, protegendo a lavoura por mais tempo.

 

A base de etiprole o novo modo de ação proporciona: 1) Patamar superior de controle; 2) Alto efeito de choque; 3) Período de controle prolongado.

Atenção! O conteúdo deste material é destinado a agricultores e demais profissionais do setor agrícola.

Manejo de percevejos na cultura da soja
Enviado com suscesso!
A partir de agora você receberá novidades da Uniagro